Início » Umbanda e Orixás » Marinheiros na Umbanda: Veja seus Nomes, Oferendas e Tudo Sobre os Guias!

Marinheiros na Umbanda: Veja seus Nomes, Oferendas e Tudo Sobre os Guias!

Marinheiros na Umbanda: Veja seus Nomes, Oferendas e Tudo Sobre os Guias!

Marinheiros na Umbanda é um linha de trabalho que geralmente vêm no final dos trabalhos para energização e limpeza de todos os filhos da corrente.

Mas, não é apenas para isto.

É realizado sempre que possível dentro de um calendário, estabelecido pela espiritualidade, uma gira apenas dos marinheiros.

Digo, sempre que possível, pois quem determina as giras e os trabalhos que serão realizados em um terreiro de Umbanda é a espiritualidade, o Pai de Santo é sempre instruído para o calendário dos trabalhos.

A marujada ou os Marinheiros na Umbanda, é um povo alegre, que vem cambaleando! E muitos pensam que estão bêbados, mas o cambalear se dá por conta da diferença entre as energias da terra e do mar.

Suas vibrações ondulares já são transmitidas assim que eles chegam em terra, e o cambalear se da também por este motivo.

Por isto que quando chegam, já bebem um copo de cerveja, para manter o equilíbrio do álcool que nosso próprio corpo produz.

Dia 13 de dezembro se comemora o dia dos Marinheiros.

Sua cor é o branco e azul.

Quem são os Marinheiros na Umbanda?

Quem são os Marinheiros na Umbanda

Os Marinheiros são regidos por Mãe Iemanjá e Pai Omulu, quando encarnados sua maioria trabalhavam com e no mar, digo maioria, pois nem todos que se apresentam hoje em terreiros de Umbanda como Marinheiros, foram trabalhadores do mar.

Porém, a maioria desencarnou no mar em seus ofícios, foram marujos, pescadores, capitães, piratas, enfim, e quando ocorreu o desencarne decidiram, e tiveram a permissão de continuar a trabalhar no mar.

Porém, existem pessoas desta linha que não pertenciam ao mar. Estamos falando de médicos, comerciantes e muitos outros. Portanto, nem todos pertenciam ao mar.

Pessoas que ao desencarnar decidiram, e também tiveram a permissão de trabalhar nesta linha sob os comandos de nossa Mãe Iemanjá ou de nosso Pai Omulu.

Quando trabalham sob o comando de Pai Omulu, absorvem as energias negativas, e ajudam na travessia dos espíritos, isto porque trabalham na Calunga Pequena.

Já os que trabalham sob o comando de Mãe Iemanjá irradiam alegria, trabalham com a energia positiva, positivando filhos/consulentes.

Entretanto, não quero dizer com isto que o marujo que trabalha com Omulu não traga energias positivas, quero apenas dizer que temos uma especialidade de cada marujo sob comandos diferentes.

No geral são alegres e já chegam brincando, mas não se enganem o trabalho desta linha, ele é tão forte como o de qualquer outra linha de trabalho.

Eles desfazem energias negativas!

Eles desfazem energias negativas impregnadas em seus consulentes, usam a força da água sagrada e salgada do mar, para limpar e energizar seus filhos.

São ótimos em ajudar seus filhos/consulentes a esquecerem suas tristezas e mazelas, levam tudo para o fundo do mar.

Doenças, tristezas, dificuldades, são levadas para o fundo do mar quando a marujada se despede.

Quando os Marinheiros da Umbanda vão embora, deixam em seus filhos/consulentes, uma sensação de alegria, de liberdade, isto porque o mal que os incomodavam foi levado por e com estes marujos.

Pontos positivos destes guias

Poderia dizer aqui que são muitos os pontos positivos:

  • Alegria: sentimos uma enorme alegria quando eles chegam, sentimos até vontade de chorar, um choro que limpa, que alivia, que alegra.
  • Esquecimento das dores: são excelentes para nos ajudar a esquecer as dores da alma, do coração, nossas aflições e tristezas, carregam consigo nossas mazelas.
  • Saudades de tempos bons que vivemos: eles nos fazem recordar os tempos bons que vivemos, e com esta recordação acabamos por positivar as energias e atrair coisas boas. Quando se esta em consulta, as memorias de coisas boas vão surgindo e dando ao consulente alento e Fé de que as coisas vão melhorar.

Pontos negativos destes guias

Não existe nenhum ponto negativo para esta ou qualquer outra linha de trabalho na Umbanda.

Porém, não podemos nunca esquecer que são seres de luz, e que trazem em si muita espiritualidade, digo isto, porque não podemos brincar com as energias, forças e magias de qualquer linha.

Por isto, com os Marinheiros da Umbanda não seria diferente, não tente enganá-los, você não sofrerá por parte deles nenhum mal, mas estará fazendo a você mesmo o mal.

Estes marujos, estão aqui apenas para ajudar!

Leia também: Oração de Pomba Gira Rosa Caveira | Tenha Qualquer Amor!

Quais são todos os nomes dos Marinheiros na Umbanda?

Quais são todos os nomes dos Marinheiros na Umbanda

Muitos são os nomes dos Marinheiros na Umbanda, cada um representa a falange que se segue, falange é diferente de comando.

Falange: são espiritos chefes de uma linha, que têm seus falangeiros a seu trabalho, exemplo disto: a falagente do Martin Pescador, ele é chefe de falange e tem seus falangeiros.

Comando: todos os Marinheiros na Umbanda estão sob o comando de Mãe Iemanjá e Pai Omulu, Mãe Iemanjá Orixá responsável pelas águas salgadas, e Omulu que trabalha nas areias da praia.

Podemos então citar alguns nomes como:

  • Martin Pescador
  • Seu Jangadeiro
  • Antônio das águas
  • João da Marina
  • Capitão dos Mares
  • Zé dos Remos
  • Zé do Mar
  • Marinheiro das Sete Praias
  • Seu Sete Ondas

Existem muitos outros, porém esses são os mais importantes a referir.

Leia também: Dia da Semana de Cada Orixá na Umbanda

Existe alguma oferenda que lhes posso fazer?

Oferenda

Sim, sempre podemos oferendar para os Marinheiros na Umbanda, mas sempre que for pedido por um deles ou por outra entidade que transmitiu a mensagem do Marinheiro.

Podemos oferecer peixe do mar, cerveja ou a bebida que ele pediu, pois alguns bebem rum por exemplo, e velas que podem ser azul ou branca.

Além disto, pode ser pedido frutas, fitas, arroz, pemba e cravos ( flor), tudo vai depender da entidade que pediu e para o que se destina a oferenda, abertura de caminho, cura de uma doença, agradecimento, enfim.

Mas, se quiser apenas fazer um pedido ou agradecimento, você pode acender uma vela azul ou branca, oferecer uma cerveja e se tiver um peixe.

Entretanto, por se tratar de um espirito de muita luz, basta o seu pedido sincero e uma vela, e senão tiver a vela, basta apenas o seu pedido sincero e verdadeiro, para o bem sempre.

Queremos lembrar você que não pode pedir nada de mal a nenhuma entidade, pois isso pode vir de volta para você. Portanto, apenas peça o bem e coisas positivas! Falamos isso, pois é apenas nessas campos que as entidades ajudam.

Salve os Marinheiros de Umbanda! Salve os Marujos do Mar!

Leia também: Ervas dos Orixás na Umbanda | 60 Ervas com Imagens

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *