Início » Espiritualidade » Coçeira na Mão Esquerda e Direita: o que significa no espiritismo?

Coçeira na Mão Esquerda e Direita: o que significa no espiritismo?

Coçeira na Mão Esquerda e Direita: o que significa no espiritismo?

Ouvimos muito falar sobre coçeira na mão esquerda e direita, e que se coça uma significa uma coisa, se coça a outra significa outra coisa.

Que uma traz dinheiro e a outra não, mais ou menos por ai.

Porém, na Umbanda ou no espiritismo, não existe este significado, que podemos até chamar de crendice, alguém um dia disse que era assim, e se propagou.

As mãos no espiritismo e na Umbanda são muito utilizadas, e sim podemos sentir coçeira na mão esquerda e direita, mas isto sera apenas um reflexo da energia que estamos prestes a transmitir.

No espiritismo os passes são dados com a imposição das mãos, esquerda e direita usadas juntas e de uma só vez, sobre a cabeça do consulente.

Com esta imposição de mãos, as energias positivas são passadas para as pessoas, que geralmente estão sentadas com as palmas das mãos viradas para cima, na posição de receber.

Já na Umbanda usamos muito as mãos também, para dar passes, retirar cordões energéticos, e às vezes sentimos coçeira na mão esquerda e direta ou em apenas uma delas.

Mas para alguns de nós, é apenas a energia que esta fluindo e precisando ser repassada, às vezes as mãos tremem, isto também faz parte da carga de energia que estamos prontos e prestes a liberar.

Algumas entidades estalam os dedos de uma das mãos ou das duas, e para cada estalo de dedos há a liberação de uma energia ou a aplicação de uma magia.

Já ouviram a frase ” o corpo fala”?

Pois bem na Umbanda o corpo trabalha e muito!

O mundo espiritual transmite mensagens para a gente através dos sintomas físicos?

Sintomas físicos do mundo espiritual

Sempre!

Quando sentimos arrepios pelo corpo, quando sentimos um cheiro no ar que veio do nada, quando sentimos dores de cabeça, sobretudo quando estamos em um centro ou terreiro.

Além é claro da intuição, quando ouvimos dentro de nossas cabeças algumas coisas, e isto não é sinal de loucura e sim de mediunidade.

Precisamos antes partir do pressuposto que todos somos médiuns em um certo nível de ” evolução”, alguns consegue enxergar espíritos, outros conseguem ouvi-los como se estivessem falando com uma pessoa encarnada.

Guardado então as devidas proporções de cada ” sensibilidade”, teremos os ” sintomas” da espiritualidade em nossos corpos físicos e mentais.

Não é raro quando, um consulente em uma gira comece a passar “mal”, eles acham que é mal! Mas na verdade é a espiritualidade chamando para o trabalho.

Ou ainda, a manifestação de um espirito sofredor que precisa de ajuda, pois existem os médiuns de transporte é assim que o chamamos.

São aqueles que consegue incorporar os espíritos que estão sofrendo, e que geralmente vem em companhia de um consulente, mas às vezes pode ser do próprio filho da casa.

Mas, enfim, estes espíritos são incorporados e levados para o seu lugar de merecimento, o que chamamos de encaminhamento.

A espiritualidade nos fala em todos os momentos, e de todas as formas.

Leia também: Sentir Cheiro de Arruda: O Que Significa no Espiritismo?

Qual é o significado de sentir coçeira na mão esquerda?

Para a crendice popular, quer dizer que você vai perder dinheiro, mas na Umbanda não existe esta conotação ou qualquer uma outra que a valha.

Se sentimos coçeira na mão esquerda, pode ser apenas energia fluindo e o passe que daremos em um consulente sera com a mão esquerda.

Mas, pode ser ainda o lado em que a entidade precisa estalar os dedos, pois a dispersão de energia se dará por aquela mão.

Qual é o significado de sentir coçeira na mão direita?

Significado de sentir coçeira na mão direita

Tem o mesmo sentido do tópico acima, para a crendice diz que é entreda de dinheiro.

Porém, para a Umbanda e para seus médiuns é apenas energia fluindo.

Sentimos quase todas as energias pelas mãos, nossas mãos às vezes suam muito, às vezes ficam frias ou quentes demais.

Isto se deve a energia que acumulamos e que precisamos repassar em forma de passe ou apenas toque.

Estar fria ou quente demais, não significa bom ou ruim, apenas energia, apenas isto.

Estalando os dedos, dispersamos estas energias.

Leia também: Sentir Cheiro de Podre do Nada: Significado no Espiritismo

Porque as entidades dançam ou batem os pés ou ainda estalam os dedos para um lado ou para o outro?

Sinais físicos da presença de espíritos

Esta é uma questão muito boa de se responder e importante. Isto, pois as pessoas podem achar que as entidades fazem isto apenas com o intuito de se mexerem ou de descontrair, sei lá.

Mas o fato é, que quando um Caboclo por exemplo, dança ou bate os pés para o lado direito por exemplo, Ele esta retirando um tipo de energia e dissolvendo para um tipo diferente de ambiente.

Quando este mesmo Caboclo estala os dedos da mão esquerda com o braço nas costas dele, esta chamando ou desfazendo alguma força.

O mesmo acontece quando Ele, Cabloco, estala seus dedos envolta do consulente, está limpando o campo energetico.

Mas, usar a mão e esquerda ou a direita neste caso, é a magia do Caboclo! O mesmo médium pode receber um Preto Velho que prefere estalar os dedos de uma das mãos na frente do consulente, e ali Ele vai fazendo sua mandiga, seu trabalho.

Portanto, só a entidade sabe qual movimento deve ser feito para aquele atendimento em especial. E pode no próximo atendimento mudar os estalar dos dedos por exemplo, ou nem usá-lo.

A gargalhada de uma Pombogira ou de um Exu, o movimentar do laço de um Boiadeiro, o pisotear de um Baiano, faz parte da magia de cada um deles.

  • O brado de um Caboclo;
  • a dança de uma Cigana;
  • o riso contido de um Preto Velho;
  • o olhar faceiro de um Malandro;
  • a alegria de um Ibeji;
  • entre outros, faz parte da magia de cada linha e de cada trabalhador.

Podendo afastar ou aproximar, o que o consulente precisa e merece naquele momento.

Um simples exemplo disto é a gargalhada de um Exu ou uma Pombogira! Ele gargalha para afastar o mal que pode estar presente naquela gira, e gargalha de forma diferente quando satisfeito com algo.

Magia!

Quando digo que o corpo na Umbanda trabalha, não é apenas por falar, é porque trabalha mesmo!

Leia também: Zumbido no Ouvido no Espiritismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.