Início » Umbanda e Orixás » Mês dos Orixás na Umbanda: Dias dos Orixás e Datas Comemorativas

Mês dos Orixás na Umbanda: Dias dos Orixás e Datas Comemorativas

Mês dos Orixás na Umbanda: Dias dos Orixás e Datas Comemorativas

Nós umbandistas comemoramos o mês dos Orixás na Umbanda, e os dias dos Orixás e suas datas comemorativas.

Porém, acreditamos que todos os dias e meses são dos Orixás e dos Guias de trabalho, e não apenas um dia específico que foi “determinado” pelo sincretismo religioso.

Por isso em todas as Giras saudamos todos os Orixás e Guias de trabalho, saudamos a direita e a esquerda e não apenas o Orixá ou Guia daquele trabalho em especial.

Mas, é claro que existe um dia em que fazemos festa para o Orixá, ou linha de trabalho como é o caso dos Pretos Velhos, que comemoramos em maio.

Vejamos então, quais são os meses e dias de comemoração para cada um Deles.

Conheça o mês e o dia dos Orixás na Umbanda

Mês de cada orixá

Por mais que desejamos ser fiéis as datas, existe uma diferença entre algumas. Isto se deve ao fato de haver vertentes e unificações de mais de uma linha ou forma de trabalho… Como por exemplo a Umbandomblé, que é a mistura da Umbanda com o Candomblé.

Ou ainda, a Umbanda Branca que se assemelha ao Kardecismo e por isto as datas de comemorações se diferem. Porém, de qualquer forma, o mês é sempre lembrado por qualquer uma das vertentes.

Janeiro

Em Janeiro, comemoramos o nosso Pai Oxóssi! É o senhor das matas, caças, fartura e prosperidade, o dia é 20 de janeiro, mas poderemos encontrar terreiros que comemorem no dia 23.

Fevereiro

Apesar de nossa Mãe Iemanjá ter sua festa e comemoração em Dezembro, o seu dia é 2 de fevereiro, quando também é comemorado o dia da Nossa Senhora dos Navegantes. Porém, os umbandistas fazem sua festa em dezembro, que pode ser dia 4 ou 8.

Março

No mês de março, a comemoração fica para as mulheres, mas comemoração no dia 7 ou 18 de março o dia das Pombo Giras que no Candomblé é Orixá e na Umbanda Guia de Trabalho, seja como for, em março saudamos as Pombo Giras, guardiãs dos trabalhos na Umbanda, Senhora do Estímulo e da Vontade, que nos faz ter vontade de viver e prosperar.

Leia também: Como Fazer um Pedido a Pomba Gira e Ser Atendido?

Abril

Abril é o mês de nosso Pai Ogum! O senhor das demandas, das batalhas, dos ferros, guerreiro que vence demandas, que abre os caminhos e comanda os Exus, seu dia é 23.

Maio

Em maio teremos três datas a serem comemoradas:

  • No dia 13 é dia dos Pretos Velhos, e geralmente se faz uma festa em agradecimento por toda a sabedoria e bondade que esta linha de trabalho nos oferece;
  • No dia 25 é o dia de Santa Sara Kali e com ela comemoramos os ciganos com festa ou não, Santa Sara Kali é a padroeira do Povo Cigano, responsável pelo ouro, riqueza e fartura, além é claro de trazer muita alegria;
  • Já no dia 30 é o dia de Oba que não é muito cultuada na Umbanda, mas é a Orixá da força e do conhecimento.

Então, é um mês bem cheio de Orixás no mundo na Umbanda. Portanto, aponte todos esses dias e todas essas datas de comemoração!

Junho

Junho é o mês de nosso Pai Xangô, senhor da justiça, que trabalha para que haja justiça em nosso mundo. E que dá a quem merece e cobra de quem deve, seu dia é 24 e em alguns terreiros se faz festa, em outros apenas uma saudação a este Orixá.

Julho

Mês em que se comemora a avó da Umbanda a Orixá Nanã Buruquê. A dona da calma, sabedoria, da evolução, que decanta em seus lagos a nossa imaturidade e faz com que tenhamos paciência para resolver os nossos problemas.

Seu dia é 26 de Julho, em alguns terreiros se faz festa, em outros apenas a saudação do dia e do Orixá.

Agosto

Em agosto teremos dois Orixás a serem comemorados, Pai Obaluayê Orixá da cura e da doença. O senhor das pipocas, que comemoramos em 16 de agosto.

Já no dia 24 a comemoração é para Oxumaré, Orixá da renovação, do amor, conhecido também como Orixá do arco-íris e da Serpente.

Setembro

Em 27 de setembro comemoramos os dia das crianças, dos Ibejis, do Orixá Cosme e Damião, Orixá da alegria, da inocência, mas com um poder enorme para solução de problemas, sejam eles quais forem. Todos os terreiros comemoram com festa este dia, oferecendo doces para a assistência e para todos que passarem pelo terreiro.

Outubro

Em outubro comemoramos o dia de Mamãe Oxum, Orixá do amor, da riqueza, da prosperidade, da gestação, seu dia é 12, no geral não existe uma festa mas, sempre haverá uma oferenda a ser entregue e uma gira dedicada a Oxum.

Novembro

Novembro o mês de aniversário da Umbanda, comemoramos no dia 15, não tem festa para este dia, mas em alguns estados do nosso País existem algumas manifestações e passeatas, com a intenção de acabar com a Intolerância Religiosa. Já no dia 2 comemoramos o dia de Omulú, Orixá responsável pela passagem do nosso espírito após a morte, que ainda guarda o poder de por fim as doenças.

Dezembro

Comemoramos em Dezembro, Mãe Iansã, senhora dos ventos e ventanias, que direciona os eguns ( espíritos desencarnados), Orixá Guerreira, seu dia é 4.

No dia 8 comemora-se o dia de Mãe Iemanjá, como eu havia dito no mês de fevereiro, as festas para Iemanjá são feitas no mês de Dezembro, apenas na Bahia é que se comemora no dia 2 de fevereiro. No dia 25 é o dia de nosso Pai Oxalá, Orixá da Fé, do Amor, da Paz e da Pureza, esta data faz parte do sincronismo religioso com Jesus Cristo.

E então, já sabe qual é o mês e o dia dos Orixás na Umbanda e Candomblé? Ainda temos outras informações bem importantes sobre estas datas comemorativas! Então, continue lendo abaixo.

Leia também: Exus e Orixás Correspondentes na Umbanda

A importância das datas comemorativas dos Orixás na Umbanda

Datas comemorativas dos Orixás

Embora não exista uma importância para a espiritualidade, isso porque como dito anteriormente, todos os dias são Dias dos Orixás e Guias de Trabalho, existe uma importância para as pessoas.

Pois aguardam por estas festas e comemorações para agradecer, para pedir, ou ainda para se aproximar da religião, e as festas têm este poder, de aproximar pessoas para comer e saudar um Orixá.

Ao mesmo tempo que faz com que nós umbandistas, nos movimentemos para arrumar tudo e oferecer o nosso melhor para pessoas que nem conhecemos, e que virão para a festa.

Mas, se não fizermos a festa de Ogum por exemplo, seremos penalizados por isso?

Claro que não! Não existe penalização, não existe castigo, se não fez porque não pode fazer, esta tudo bem. Porém, se não fez porque não quis fazer, então você sentirá um remorso por não ter feito. E isso não vem dos Orixás e sim da sua consciência.

Comemorações e festas são sempre muito boas, quando nos reunimos para fazer algo para nossos Orixás e ainda ajudar o próximo, melhor ainda. Só não podemos esquecer que estas festas são sagradas. Ou seja, não permite desvio de conduta ou segundas intenções, como por exemplo, vender a feijoada que é a comida de Ogum, fazemos a comida para alimentar quem estiver no terreiro e com Axé que é o mais importante.

Leia também: Dia da Semana de Cada Orixá na Umbanda

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *